sábado, 27 de fevereiro de 2016

Nós Iremos (Zaz)

Vamos ouvir o Harlem numa esquina de Manhattan
Vamos tostar chá nos souks de Amman
Vamos nadar no leito do rio Senegal
E veremos queimar Bombaim sob as luzes de Bengala

Vamos arranhar o céu sob Kyoto
Vamos sentir a batida do coração no Rio de Janeiro
Vamos levantar os olhos para o teto da Capela Sistina
E brindar no Café Pouchkine

Ah, como é linda a nossa sorte
Nas mil cores do ser humano
Misturadas das nossas diferenças
Na encruzilhada dos destinos

Você é as estrelas, nós somos o universo
Você é um grão de areia, nos somos o deserto
Você é mil frases e eu sou a caneta

Você é o horizonte e nós somos o mar
Você é as estações e nós somos a terra
Você é a orla e eu sou a espuma

Diremos que os poetas não têm bandeiras
Faremos tantos dias de festa como se fossemos heróis
Saberemos que as crianças são as guardiãs da alma
E que haverá tantas rainhas quanto mulheres

Diremos que os encontros fazem as viagens mais belas
Veremos que merecemos o que se compartilha
Escutaremos a musica cantada em todos os lugares
E saberemos dar oque temos de melhor

Ah, como é linda a nossa sorte
Nas mil cores do ser humano
Misturadas das nossas diferenças
Na encruzilhada dos destinos

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Fevereiro (Mineral)

E a neve cai
Derrete antes mesmo de cair no chão
E eu estou aqui ouvindo
o som da sua mão lavando
para frente e para trás através do meu coração imundo
E eu não sei se eu devo dizer "sinto muito" ou "obrigado"
Eu tento falar, mas as lágrimas sufocam as palavras
E acho que finalmente eu sei o que querem dizer
quando falam sobre felicidade

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Tu não vai entender que eu já sei voar

Olhos fechados, desprezar a dor
Sentir a mesma pintura daquelas noites aprazíveis
Sim, elas se sobrepõem a todo amor que imaginei ser absoluto
Olhando para o final das memórias que passam
Cesso-me de lágrimas, imponho serenidade
Minha estrela deslumbrante germinará em um piscar de olhos
Não permitindo a queda outra vez
Pois lamentáveis são os que não conhecem os sentimentos
...
Por ti eu perdi as proeminências dos meus sonhos
Ganhei as alterações mínimas e os alcances das feridas
Já não prefiro o futuro que almejei no passado
Multiplicando minhas armas meu amanhã florescerá
Bem melhor
A cidade desaparecerá em um piscar de olhos fundos e secos
Vagando enquanto uso de meu mantra
Felicidade sim
Ela vai rasgar-me além da dor

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Unfurl (Katatonia)

No centro de cidade as 9 da noite
Assim como você escreveu
E eu tento pensar a respeito
Neve chegando
Tal como antes
Eu vou estar em stand-by

Liberando o vapor
No pulmão
Deixando as asas soltas ao vento
E por um momento me sinto jovem
Eu invoco o pássaro
Solto ao vento

É hora de escolher um lado agora
Isso foi o que você disse
Quando falamos ao telefone
Tão branco nossos olhos
Você está quieta
Você está paralisada?

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Ninguém pode ser eu

Mas, ninguém pode ser como eu.
Inumeráveis noites com rosto choroso
que se seguem de dias de vida incessante
Fitando a frente para um futuro melhor
Por vezes incontáveis me escondi na parte de trás de meu armário.
Outra vez num abrir e fechar de olhos, a minha reflexão
caiu sem esforço em turbulência com minha mudança de coração
Mas inesperadamente, no momento em que fechei os olhos
as coisas já não pareciam tão ruins quanto eu sentia
Mais ninguém pode ser como eu
Esta é uma certeza.
Eu resolvi esses sentimentos sem precisar de recompensa
eu quero apenas viver
Isso é normal, certo?
Meus escudos foram quebrados
eu ouvi a voz da certeza
Posso afirmar que já não estou mais enfurnado em uma concha
Com palavras inefáveis, não mais estou envolto em fumaças
Já não há coisas que podem me proteger
Isso é uma certeza
Eu só quero viver
Ninguém pode me substituir
Agarrando verdadeiramente o hoje para que ele não escape outra vez
e eu possa jogá-lo amanhã com os olhos abertos
Ninguém pode ser eu
Por favor, tu também
Não deixes ser substituído por qualquer pessoa
Não deixes quem tu não és tomar conta
Não tenhas mais medo
Não podemos esperar mais uma noite passar
Hoje é o dia que resolvemos esses sentimentos sem recompensa
Vamos viver... Respirar verdades